domingo, 14 de setembro de 2014

DEUS está no Inferno (God is in hell)!

Trecho do livro “A marca – Dias de Apocalipse”, pequena descrição do Inferno, só para maior compreensão do raciocínio.
Bilhões de espíritos e demônios a enxergavam. Todos olhavam para o céu escuro, poluído por cinzas, enquanto as únicas luzes eram dos raios das densas nuvens negras de chuvas ácidas e dos vulcões em erupções que explodiam larvas a milhares de metros. O Inferno era tão temível que até os anjos choravam perante tanto sofrimento que presenciavam. Era o planeta ao qual até os Deuses ficavam tristes, repletos de remorsos por tal lugar existir e por criaturas, filhos seus, habitarem aquele mundo. Mas era assim que o mal recebia o justo castigo e o remorso atormentava todo um planeta. Gritos agudos e lamentações ecoavam, lágrimas de sangue e dor. Dores sufocantes, torturas implacáveis e castigos infindáveis faziam parte do cotidiano dos habitantes das trevas. Rios de sangue, lagos fervidos, larvas por toda parte, pântanos fétidos, podridão de carne e sangue no ar, feridas abertas e muitos comiam a si mesmos, suas próprias carniças, pois era tudo o que tinham para saciarem a fome. Pessoas banhadas nos rios de larvas e lagos borbulhantes eram queimadas e cozidas neles, querendo apenas saborearem a morte que jamais viria; suplicas em vão. Não havia esperança, consolo, fuga, só desolação. Era uma terra sem Deus, as suplicas e arrependimentos eram em vão! Deus estava morto no Inferno, não existia Deus. Apenas na mente, na alma, mas era um conforto vazio, pois não supria o sofrimento, apenas causava amargura, ira, tristeza e a certeza de que estavam sozinhos em meio ao inferno de suas ações anteriores. Mas Henyel ficaria tranquilo e em paz, ainda blindado a tudo a isso, devido ao amor. Amor que o salvaria do sofrimento de estar no Inferno. Amor que imperava e era suas ações, seu espírito, sua paz e descanso, amor que o salvava. Henyel, espiritualmente não estava no Inferno, ele estava em Elisa. Ela era o seu Céu e ele se concentrava nisso, no seu amor a ela; puramente em si só havia ela. Não havia então como sofrer, o amor por ela o salvava de sentir o Inferno em plenitude. O amor o salvaria, mesmo que sua eternidade seja habitar o Inferno, Elisa o salvou, ele a amava de tal forma que nem o Inferno tinha qualquer impacto sobre ele. Henyel estava em paz consigo e não viveria em dor, apenas em Elisa, apenas viveria a energia do amor que o habitava, seria seu alimento, seu refúgio, eterna morada Divina, apenas o amor.
Quando terminei de escrever o trecho do livro, percebi que Deus está no Inferno, devido a Deus está em nós, ser a essência boa, a luz em nossos espíritos, ser a paz, o amor, a vida em nós após a morte do corpo. Deus está no Inferno com toda certeza. Está lá também. Ao menos eu acredito que no coração mais sombrio, pode não haver humanidade em um ser, mas há algo Divino nele. Assim, Deus está no Inferno e também no Céu, em nós, em todo lugar! Onde há luz, paz e amor há Deus! Onde há morte, fome e dor também. Deus não faz distinção de raça ou localidade, Ele apenas está aqui e em todo lugar. Espero assim que no Inferno também, pois os que estão lá precisam dele. Grande abraço a todos os leitores.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Robin Williams foi para o Céu (Suicidas vão para o Céu)!


Atualmente ainda há templos e doutrinas pregando que o suicida vai para o Inferno, enganam-se, o suicida vai para o Céu!
A Depressão é uma doença, um distúrbio afetivo que altera a serotonina, noradrenalina e dopamina no cérebro do enfermo. Se uma pessoa está com câncer, falecendo devido à doença, sendo uma pessoa boa, naturalmente ela vai para o Céu. O suicídio dos bons os levam para o Céu, afinal, estavam doentes.
A estimativa é de que 1/5 da população tenha depressão em algum momento da vida e como uma doença, necessita de tratamento, e como toda doença, ceifa vidas. Assim, pessoas boas que têm a vida tirada por uma enfermidade, definitivamente, elas voltam para casa, afinal, sempre pertenceram ao Céu. Estavam aqui de passagem, terminaram sua missão, preencheram corações, tornaram-se significativas nas vidas dos privilegiados que tiveram a dádiva de viverem ao seu redor delas, tornando o universo particular de cada um à sua volta uma vida com momentos felizes, deixando marcas boas, saudades, alegrias, sonhos e esperanças.
Existe vários mundos, várias moradas, mas cada ser humano é um mundo único. Cada pessoa nos marca de uma maneira exclusiva, pois também somos eternamente raros, especiais e inigualáveis.
A vida aqui é um momento, o Céu é a eternidade.
Logo todos iremos para nosso verdadeiro lar. Com certeza todos os suicidas bons estão no Céu, sorrindo, felizes. Robin Williams apenas voltou para casa.

(Resolvi escrever este texto devido a comentários que vi de pessoas negativas, maldosas, desumanas, que explanaram que Robin Williams não iria para o Céu devido a seu último ato, como se um ato pudesse apagar uma vida de boas obras. Afinal, ele levou sorrisos a centenas de milhões que sofriam de vários males e ao menos naquele instante elas eram curadas. Até breve, Williams, um dia chegará o momento de todos nós irmos também para casa).

sábado, 14 de junho de 2014

Innocent Miserable

Preface

According to the Ministry of Social development, the number of brazilians who are in extreme poverty comes to 27,3 millions. Machado de Assis, in 1881, had political awareness about this matter, alerting us. The President of the Federative Republic of Brazil, 133 years later, and a national reality so evident, act covertly about it.
The Brazil has 2.906 dumps, these are deposited annually 70.000.000 (seventy millions) pounds of solid waste inappropriately. And in 1.450 landfills are in the open sky, on the edge of streams, polluting waters, soils and air. Graveyard explored by businessman, originating in billions in profit and e resulting in taxes to the municipalities.
The dumps are sources of wealth, but also are places of misery. Scavenger arrive at the dumps before sunrise, staying most days till eleven pm, prospecting lefovers with maggots crawling over rests, subject to contaminations by syringes, rusted metals, mice, flies, cockroaches... Tens of thousands of survivors are in the dumps, confused as beggars, drug addicts, unoccupied; experiencing repression and the scorn of the rest of society. Dumps with thousands of malnourished children, sicks, pregnants, illiterate, without medical assistance, victims of trafficking, sexual exploitation, the incompetence of State and to the complete neglect of “garbage Magnates”. Children forced to work because the State doesn’t fulfill its constitutional duty, leaving them to guarantee their survival, exerting their irrevocable rights to life through the garbage.
This fiction doesn’t escape from this sad reality. So, I hope you can endure this afflictions of this work, and even amid the tears, get to the last page.

This is a story of an innocent child charismatic who lives in a garbage dump, and even in the midst of martyrdoms, teaches us probity, humility, manliness, purity and love, making us better. There is pain on his way, but his wise innocence turns into hope. And today we act as if we’d delivered, sold us to evil, but the “Innocent miserable” and wake us up to the real values of awakens to life, and with a pure soul, smile, inviting him to understand an indispensible, valuable and unusual life lesson.


Death to power – On the edge of honour


Preface

This is a work of fiction inspired by real facts or absolutely a fantasy!? A writer in a psychotic outbreak, clairvoyance, delusions, nostalgia, anarchy or is a brainwashedl!? Sadly. Logically. Evident to anyone who wants to see... The exposed here sentences any resemblance to reality is not just a mere coincidence, and yes, a true nasty, involving big powerful men in the country. The real Brazil, minutely detailed and outrageous disgusting!

Gilberto wrote a letter befor act dominated by emotion. This is the final part of the letter.

...I am part of society and we’re being deceived shamelessly! We’re inert. Accommodated in our sofas, lazily. To conform us to corruption, swindles, illicitness, foulest lies, misdemeanors and crimes. The Executive, Legislative, Judiciary, Public Ministry, religious leaders, trade union leaders, magnates, the press: these powerful are corrupted! Power has its cost and its price. And the righteous had fallen into addiction! Eventually yielding to a value: to provide favors, to owe favors and wining for this. We are the people, the mass, the base. We have the power to change history! But the idealistics, braves, peacemakers and visionaries end up being purchased. And those who do not yield to value, are killed. The righteous have their honors put to the test and the heroes end up becoming villains. It’s a scenario that wolves devour lions. The governors, the powerful and influential are the “heads” of all crimes. False leaders, brazen, cowardly, crooks, hypocrites and mockers. Enjoying of starvings, weaks, innocents and hopefuls. We are deluded by promises and our dreams prevent us from reason. But when the mind is active and see the obvious; there is a deficiency of our healthy body! The lazy society crosses his arms. We are accustomed to corrupt and illicit. Leaders of integrity are rare, when the dishonests that should be! But we are accustomeds to the vices of being harmed and accommodateds to the culture of impunity and immorality. This brings us to a fact: we deserve! We are  acecepting the cheek of whom had power. Since only pretend to care. In reality, we do nothing against the wretchies of powerfuls. The power and the crime is a one way and a same way! We gave sizes power to the wolves, that they became unshakable. However, the cynics forget that we, the base, wich put them on top, and we have a moral duty to pull out  of theirs thrones; and we’re going to do, since they demonstrate unable to change and become better humans. All apex: in all directions, every institutions is rotten, and the carrion stink to the point of even the vultures want their flesh of beasts bastards and filthy! Everyone no contaminated who dare exceed the limit from the base end up being infected by corrupty germ loose in universe of the powerfuls. Nobody of the apex is immune to the plague! If we go up, we are target hits. If we stay, we are massacreds. Even heroes have the strength to survive the incurable cancer in politics. The pathfinder heroes and virtuous lambs when they leave the base to the top step of the ruling elite,influential, powerful and manipulative: they all saw wolves devouring the lions. Lions that were his friends. No one escapes the repression, tyranny, greed, gluttony and pride. Men worthy end up turning into monsters. Almost 192 million people are afflicted by these criminals, pretenders,liars and selfish. The Brazil suffers from help and only na alternative: the power must die! Nobody on the apex must escape! Death to power. Among so many assholes, of course, there is not yet corrupted heroes! But these selfless heroes, if worthy: accept death! Since it’s impossible to discern the honored of scoundrels. Is the only way to eradicate the plague in a depraved system, contaminated by greed. No use just eliminating the system, we have to extinguish the dome! All those who are in power must die! And the unselfish heroes will serve the commom good. Not running away from own extinctions. After the killing, we have the story to teach the leaders what will happen if wine to emerge again evil in power, and we will have the strength to repeat the same feat, if necessary to the best for the nation. These shameless end up starting today! I’m willing to eliminate the evil in this country and give the first step. If the press then condemn me as monster: was necessary arise! I’m already on the edge of honour. Enough! Everyone will die. The evil will end. The people help me and God bless me. The housecleaning in Brazil will begin. And not tomorrow, but now.

With veracity...
                             Gilberto (the monster)



The mark – All against love


Preface

This book tells a story of an indispensable, powerful and without end. A wonderful and exciting story in wich the greatest power in the Universe must be the love or the human race will disapear forever.
This story is about an angel that was sent to Earth to fulfill the order of “Gods”; and the fate of the planet was already mapped out, but this angel has found a true love, intense, irresistible, involving and remarkable. To love her, he decided to change the fate of world; disobeying the “Gods”, facing devils, death, and even the Universe became his enemy.
This book brings revelations, and taste them. God would gave made a pact between Lucifer and some humans; furthermore, there is a “Society” signed between the “Gods” and a plot in “Heaven”.
The humanity is just an award, but an angel changed the fate of men because of love, and he will face their most violent and destructive war.

This angel is a brand on Earth, and love is a mark on the soul. Those who believe in love will understand the depth of this bond. But those who never loved, notice the fabulous magic of this connection, and live now the story in which the greatest power in the Universe became the love, and this story is “the mark”.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Advogados de São Paulo decepcionantes

        Sou um cidadão que tenta viver corretamente e quando me encontro em uma peleja, busco os meus direitos.
Acabei indo hoje a três escritórios advocatícios que ficam a menos de 700m de onde moro, ficando surpreso ao ver o quanto os advogados de São Paulo-SP e seus secretários, aspirantes a advogados, são mal educados, medrosos e traumatizados (refiro-me aos escritórios que estive); todos os advogados e os secretários aspirantes vivem enclausurados em seus escritórios com grades nas entradas principais,  cadeados e câmeras; sendo que nos identificamos no térreo dos prédios e tiramos fotos, mas mesmo assim tive que responder a perguntas em pé, em frente às portas dos escritórios, perguntas de como consegui o endereço, pois não tinham site e não deveriam aparecer no Google, já que eles não pagam para aparecer em sites etc (por dentro eu ri, pois já precisei de advogados em 3 outros Estados do Brasil e não imaginava que os advogados daqui sequer fossem educados, mas superei a primeira má impressão, pois nunca vi os paulistanos como sinônimos de pessoas corajosas, sabem ser um povo assustado). Fora as perguntas de que eu deveria ligar para agendar o atendimento com os Divinos inacessíveis advogados (pensei que deveria ser para eles se sentirem mais importante, reuniões agendadas são mais chiques! Contudo, e se o meu caso fosse de alguém que estivesse passando na porta e visse a placa de advocacia e entrasse ou tentasse, pois os escritórios eram mais seguros que presídios?! Eu deveria ter ligado do lado de fora e ter agendado para o próximo minuto! Faço isso da próxima vez).
Entrando nos escritórios aconchegantes e luxuosos (nota 10 ao conforto, cores, mobília e bom gosto), entretanto, sentindo falta do detector de metais, pois faltou isso na entrada; mas quando eu tiver a oportunidade de visitá-los novamente, darei a dica e eles vão instalar com toda certeza.
Eu estava lá naquele mundinho, totalmente seguro do mundo de crimes do lado de fora; mas, me decepcionando de novo com as pessoas alfabetizadas, diplomadas, porém, mais ignorantes, debiloides até, que muitos matutos que já conheci entre vilarejos e fazendas residentes pelo Centro Oeste, Norte e Nordeste (infelizmente não conheci por onde andei os matutos do Sul e Sudeste)! Não me decepcionei por falta de oferecerem o chá, café ou água, que iria negar educadamente, vai que me dopavam e fariam eu responder perguntas, um soro da verdade, só para se certificarem que eu não era algum tipo de criminoso ou ei lá do que mais eles têm medo. Todavia, me decepcionei por me sentir em uma entrevista de emprego os babacas advogados queriam me atender apenas por indicação (pensei, e se a pessoa for de outro Estado? E se a pessoa nunca precisou de advogados ou tem intimidade com quem conhece? Quem não deve, não teme! Não sabia mais de nada por um instante. Minha mente fértil de escritor pensou em ameaças de morte, advogados que combatem o crime organizado e mil outras coisas em poucos segundos. Diverti-me com certos pensamentos! A realidade é que eles eram só uns “ternucos” que se achavam)!
 Entrevistaram-me, pareciam fiscais da Receita Federal; cometendo o erro de demonstrarem mais interesse por atenderem empresas, devido a uma possível lucratividade maior que as ações de pessoas físicas (foi o que as perguntas me levaram a concluir, mas pensei também que há causas de empresas por uma conta de telefone de R$ 10,00 e causas de pessoas físicas por centenas de milhões). Os babacões, transmutados a mim como urubus do dinheiro, em vez das típicas aves de carniças advogados apenas caíram ainda mais no meu descrédito (sendo que eu estava lá por uma causa de pessoa física, mas isso nada quer dizer que a pessoa física, ali presente, não tenha empresas e caso eu gostasse do serviço, poderia dar outros serviços a eles depois, até ações que envolvam as empresas! Onde a ignorância reina...).  Após eu já estar frustrado e os babacas advogados a mercê de me dispensarem por pensarem que seria uma causa de valor simbólico (pois nem fiz questão de abrir a pasta com documentos que carregava ou explicar detalhadamente a razão de eu estar lá, pois, estava frustrado, respondendo aos questionários de perguntas, me sentindo até um Serial Killer condenado), porém os carniceiros advogados mudaram completamente a maneira de se comportarem ao saberem que eu tinha ações de 6 dígitos e a causa que ia dá de mão beijada ao escritório, além de ser uma causa fácil, era rápida, tinha todas as notas, laudos, testemunhas e a lei era favorável a mim.
Chega de decepção? Claro que não! A decepção não parou por aí; tive mais uma surpresa, pois, dei adeus aos outros escritórios; mas, em um deles, cruzei meu caminho com uma interesseira advogada de lentes azuis, que nem piscaram depois de perceber que poderia ganhar um dinheiro maior do que havia imaginado ao me receber, sendo que fui entrevistado do mesmo jeito. A espertalhona advogada quis me enrolar, querendo entrar no processo pelo meio mais longo e caro: visando apenas grana e não resolver o problema do cliente com eficiência, rapidez e transparência!
Ainda não chequei a meia idade e há quem diga que estou na mocidade, até por causa da aparência, contudo, acabei adquirindo experiências jurídicas, devido a ser parte em causas que advogados após meses e meses, nada resolveram; sendo que eu mesmo, para encerrar a ação e o Juiz despachar, tive que levantar tudo o que precisava com o Auditor do Estado, Delegados especialistas, outros órgãos do Governo e Privado, resolvendo com o Ministério Público, Tribunal de Justiça, Juízes Corregedores e o Desembargador do Agravo de Instrumento (todos em separados e em seus gabinetes e salas, como também, todos eram desconhecidos), sendo que também fui em 2 emissoras de TV e uma se esquivou de gravar por não quererem denunciar um Juiz por corrupção; e antes de ir ao ar a matéria, mas já tendo tomadas todas as providências legais e cabíveis, sentei com o Juiz corrupto e mostrei a ele cópias de todas as provas e tudo o que tinha feito e com quem tinha conversado, sendo que a policia legislativa estava na sala para me prender, esperando apenas a determinação do Juiz, pois ele havia marcado comigo a hora de me receber e queria me dar um flagrante, mas mesmo assim fui sozinho (o matei na unha, como falam no Nordeste),  e após conversarmos, o corrupto Juiz de Direito simplesmente abaixou a cabeça e seus policiais legislativos ficaram desconcertados, conhecendo os reais fatos, sendo que lembrei ao Juiz que contra fatos e provas não havia argumentos para o ato corrupto dele, e o próprio Desembargador havia ordenado ao Juiz voltar a antiga decisão e mesmo eu não tendo a prova do dinheiro recebido pelo Juiz, mas tinha tantas outras coisas que levaram ele a ser conivente com tantos crimes, sendo que o Juiz corrupto não teve como não dar o veredito ao meu favor e isso não tinha acontecido, então tive que lembra-lo que eu não estava lá pedindo  favorecimento pessoal, mas tinha noções de direito e sabia exigir quando cansado da morosidade e ineficiência do Estado, como da corrupção do Legislativo, no caso, ele! Aquele corrupto Juiz até hoje come na minha mão e tem medo de mim porque não tem a má índole de mandar me matar e ficou falando que escrevia poesias, tentando me enrolar para responder à minha pergunta e dá o Despacho; fui incisivo e ele deu o Despacho, como também, foi encaminhado imediatamente ao cartório, ao qual conversei também com o Juiz de lá para ser cumprido no ato e um processo de meses de enrolação, que se transformariam em anos, pois era essa a intenção, 20 anos, foi resolvido em poucas horas, devido a eu conhecer leis, ter me expressado, pressionado, dito a real e fazer o trabalho do meu advogado bundão, que era Procurador, e então compreendi que ele era procurador e deveria continuar sendo porque era fraco demais para advogar, ao menos para mim não serve e nunca mais lhe dou uma causa. Mas tenho outras experiências envolvendo poderosos corruptos e tive um problema que o Chefe do Estado Maior da PM se intrometeu (é o segundo homem de mais poder na PM, atrás apenas do CMT Geral), como também um Cel, CMT de um importante batalhão da PM e outros poderosos influentes, fora um milionário almofadinha que fazia parte da causa, e no fim de tudo, fui até sem advogado, mas um advogado já tinha redigido tudo o que eu tinha de provas e argumentos no papel e eles tiveram que colocar o "rabo" entre as pernas e nada legalmente puderam fazer contra mim, achando que por serem quem eram, eu não os enfrentaria; mas eu estava dentro dos meus direitos e não sou o tipo que é intimidado pelo status.
Expliquei isso porque não sou o mais leigo do mundo jurídico e a advogada de lentes azuis que conheci hoje queria ir por outro caminho entre as finitas possibilidades e brechas do Direito, pensando que por eu estar num escritório de advocacia, não soubesse nada de Direito (claro que não expliquei a nenhum deles minhas experiências e histórias jurídicas, ou que já finalizei mais de 20 disciplinas dessa área.
Resumindo, saí de todos os escritórios altamente decepcionado, e tenho contatos que são amigos de advogados influentes até no Senado, mas a causa que fui dá entrada é simples e o valor não é tão alto para eu recorrer a um advogado de nome, pois cada cartucho tem um valor e sua hora de ser queimado. Enfim, decepcionado com os advogados ignorantes e interesseiros que conheci hoje em São Paulo. A minha impressão com os advogados de São Paulo foram as piores possíveis entre todos os escritórios advocatícios que já conheci no Brasil, me restando a certeza que se eu fosse uma pessoa um pouco mais leiga, eles teriam comido o meu fígado, sendo um caso para os Winchesters. Esqueci se há alguma criatura sobrenatural que ame fígado e não quero olhar no Google.
Hoje, após essa decepção com os advogados que conheci, restou a mim ignorar todos eles, não fechando com nenhum! Amanhã vou a outros escritórios e tendo a mesma recepção, vou dar a minha ação para os advogados que não queria usar agora. 
Espero que todos os advogados que estão lendo isso tenham aprendido uma lição e a todos que são injustiçados no Legislativo, não tenham medo de buscarem seus direitos ou de denunciarem Juiz de Direito ou outros poderosos, sejam quem forem! O Brasil tá a merda que tá porque os maiores bandidos, as quadrilhas mais estruturadas, são representantes do povo, Ministros, doutores, influentes, empresários bilionários almofadinhas, que não batem carteira, mas matam mais várias guerras pelo mundo. Aqui o povo sofre e se vende por esmolas. Os políticos brasileiros perceberam isso e a destreza foi tanta, que inventaram tudo que é tipo de Bolsa, só não fazem a Bolsa burrice, pois o povão não compreenderia o porquê que o Governo pagaria uma Bolsa a brasileiro, já que somos sinônimos de uma nação de otários e tratados assim pelo Legislativo, Judiciário, Executivo, Ministério Público, OAB, imprensa e magnatas.
Advogados espertalhões não faltou hoje em meu caminho, todos bem acostumados à velha malandragem, tipicamente brasileira e pelo visto, nunca deixará de ser modismo. 

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Lição contida na obra "Inocente Miserável"

Olá a todos! Espero que estejam tendo um bom dia. Terminei de escrever um drama sobre a miséria e é um livro triste, mas repleto de conhecimento e que tem a missão de minimizar a fome, a miséria, o sofrimento. 10% do lucro do livro que ainda será lançado será revestido para tal fim. Aqui está um trecho de uma das partes sábias do livro, creio que este trecho ajude muitas pessoas, assim como o restante da obra. E assim o "Inocente Miserável" me ensinou quando o escrevi.

– Olhe ao seu redor Emanuel, o que você ver? – perguntou o amigo imaginário.
– Eu vejo lixo, vejo pessoas tabalhando. – Respondeu em sua inocência mais pura.
– Essa montanha de lixo tem outro significado, simboliza tesouros escondidos. Entre o lixo há joias e preciosidades; anéis de diamantes, relógios de ouro, colares de pedras preciosas... Claro que os catadores têm que contar com a sorte; contudo, o lixo é riqueza, é fortuna, é daqui que os seus pais tiram o sustento da sua família, mantém o seu lar, sua alimentação e tudo o que possui; o lixo ao qual enxerga não representa apenas miséria, significa vida, proporcionando a vocês viverem. O pão mofado em sua mesa, achado em raras manhãs, vem desse lixo, assim como suas roupas e calçados. O lixo é também um mundo de sonhos e alegria, tendo um propósito de renovação. – Falou gesticulando.
       – O lixo tem todo esse poder, amigo? Pensei que estávamos aqui porque somos sofedoles. – Disse o menino.
       – O sofrimento neste lixão não é um fim, Emanuel, é  apenas um meio para o melhor que ainda virá. No fim haverá luz e os testes e privações vividos aqui não serão mais necessários. – Respondeu o Amigo Imaginário.
       – E por que as pessoas não compeendem, por que sofem?
       – As pessoas sofrem, meu pequeno, porque buscam o que não podem obter. Insatisfação que desencadeia o sofrimento, pois desejam uma felicidade que não é real, pretensão que os faz sofrer.
       – E há como não desejar o que não se pode ter, amigo? – perguntou o curioso pequenino.
       – Os sofredores têm que compreender que este mundo é um mundo de passagem. Os seres humanos não são daqui.  O corpo é temporário, as sensações, percepções e consciências são transitórias. Esse lixo não pertence a vocês, pertencem ao universo, é parte da natureza, do mundo, não individualmente, e sim, coletivamente. Entretanto, não deveríamos imaginar os tesouros que o planeta nos empresta como pertencente a nós, pois isso é o desejo e pelo desejo as pessoas se submetem à mesquinhez, ao egocentrismo e acabam se frustrando e acabam sofrendo.
        – Então pala eu não sofer, tenho que me desapegar? – deduziu o “Inocente Miserável”.
        – Isso mesmo meu amiguinho. Não queira o que não pode conseguir no agora. Viva o instante! Essa é a plenitude. Contudo, mantenha seus desejos, sonhe sim, idealize, pois é necessário motivação para viver, contudo, desapegue-se de querer sempre mais e mais agora, se no agora você não pode ter. Não deixe de viver o momento, de viver a vida, esse é o equilíbrio.
        – Compeendi, amigo. Mas por que as pessoas daqui não entendem, nem papai, nem mamãe? – questiona o jovenzinho com voz doce.
        – Como lhe disse, este mundo é de passagem, uns aprendem mais cedo do que outros, mas todos compreenderão um dia essa verdade. Um dia todos aqui deixarão de sofrer, um dia eles vão entender o porquê estão aqui, o propósito desse caminho nem sempre fácil, contudo, necessário.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Brasil convida criminosos de todo o mundo

O povo foi à rua, demonstrou insatisfação, repúdio, vergonha!
O povo foi à rua e gritou, pestanejou e houve até quem causou arruaças, quem não segurou o cansaço dos vândalos da corrupção e causaram danos a patrimônios.
O povo foi à rua por acreditar que o Brasil podia ser um país digno.
O povo brasileiro hoje perdeu a fé na justiça! Hoje o Ministro Celso de Mello provou que a justiça não é para todos! Ele calou a boca de quase 200 milhões de brasileiros. E não adianta o povo chama-lo de vendido, de covarde, de corrupto; não adianta difama-lo ou injuria-lo, afirmando que o Ministro não tem honra, ética, caráter! Não adianta, pois apenas quem possui tais virtudes se importa quando suas virtudes são postas à prova.
·      Quem não é digno, não se importa por ter contas recheadas no exterior e uma velhice luxuosa, repleta das mais lindas prostitutas que o dinheiro pode pagar, com relógio de diamante no pulso, carro importado na garagem, jatinho em pista particular, coberturas nas cidades mais caras do mundo e iates onde quem é corrupto pode encher a cara de whisky e rir e zombar de um povo brasileiro tão coitado.
          Não houve guerra civil, somos mansos. Eu mesmo escrevo e escrevo; não sou o tipo que põe uma pistola na mão e decide ir ao Congresso Nacional atirar na cabeça de cada corrupto, levando claro, centenas de balas. Mas se fizesse isso, resolveria o problema temporariamente. Contudo, outros corruptos assumiriam o mesmo Congresso e agiriam das mesmas maneiras sorrateiras que seus antecessores. Entretanto, a morte poderia pôr medo aos novos Parlamentares, já que outros  heróis, idealistas, altruístas, justiceiros poderiam fazer o mesmo.
           Meu Brasil, um país imenso, quase 200 milhões de brasileiros e nenhum herói! Estamos à nossa própria sorte e sem sorte.
          Hoje mais do que nunca tenho vergonha de ser brasileiro. Tenho vergonha dos representantes do povo. Tem três eleições que voto “00” nas urnas, anulando todos os meus votos, justamente por não ter representantes confiáveis. O Tiririca, o palhaço que se tornou Deputado, ao qual foi um dos mais votado do país na última eleição, sendo a forma que o povo achou de protestar, o elegeu. Mas, a realidade brasileira é que as serpentes no Congresso Nacional deram ao Deputado palhaço três opções:
·         Se corrompa como o restante do Congresso.
·         Se corrompa ou o matamos.
·         Saia e permaneça vivo.
          Isso é real, como sou escritor e escrevi “Morte ao Poder”, que é um romance político, acabei tendo boas fontes.
          O mundo político infecta todo o Brasil e Ministros do STF não deixariam de ser comprados. Bin Laden foi posto como monstro, acusado pelo terrível, lamentoso, doloroso e eterno 11 de Setembro, a qual nunca será apagado da história humana, do universo, a qual o luto sempre existirá no coração americano e de milhares de familiares. Entretanto, se o mesmo tivesse escolhido como alvo o Congresso Nacional, ele teria salvo este país.
          A verdade é que o Japão foi devastado por uma guerra, por bombas atômicas e hoje é um país renovado e admirado, um país com leis, de políticos íntegros, um país que respeita seu povo, um país exemplo em muitas coisas, de orgulho ao mundo.
          O Brasil hoje está de luto. Mas oferecemos a nossa indignação através de nádegas das nossas adolescentes, que cada vez mais tomam anabolizantes e rebolam em frente às câmeras, como se promiscuidade tivesse algum valor; contudo, sou ignorante nesse aspecto, um tolo, iludido! No Brasil, promiscuidade, nádegas arrebitadas, políticos corruptos, tudo isso é o que temos de mais valor; pois eles são aplaudidos, estão na mídia e, a cada dia, mais famosos e mais ricos.
          Faz décadas que qualquer engenheiro, mecatrônico, físico e outros profissionais fabricam bloqueadores de celulares que podem ser instalados em presídios. Contudo, sabem porque os presos continuam a ligar das prisões? Porque o Governo quer!
          O Governo é um fingidor, engana o povo porque necessitamos de uma sensação de segurança, necessitamos acreditar que o Governo está prendendo criminosos. Mas os presos são apenas “laranjas” enquanto os verdadeiros líderes das maiores quadrilhas do mundo são governantes, poderosos e influentes.
          O Governo precisa de nomes e números e os enjaulam para passarem à sociedade essa falsa segurança que o Brasil padece. Hoje, a polícia civil, Federal, ABIN, PM, as Forças Armadas e demais orgãos, todos sabem quem e onde estão os maiores criminosos do Brasil, os líderes do trafico internacional, e não só de entorpecentes, mas de armas, animais, diamantes, ouro e outras joias e preciosidades dessa vasta, rica e linda terra.
          Políticos, Ministros, juízes, Promotores, donos de emissoras de TV, donos de jornais, atores, cantores, pastores e outros poderosos e influentes são os verdadeiros criminosos, são quadrilhas que manipulam as massas.
          O que posto aqui não é conversinha, é a realidade. Em qualquer ruela que formos hoje, em qualquer cidade do Brasil, cinco minutos é o suficiente para sabermos onde têm casas de prostituição, onde vendem drogas, armas, bombas ou o que quisermos. Todo brasileiro sabe se quiser e as autoridades fingem que fazem escutas há anos e depois fazem uma operação, prendendo alguns culpados; contudo, isso é apenas para iludir.
        Um dos maiores criminosos que o Brasil já teve foi o ACM, dono da Bahia e poderoso no Brasil. Muitos morreram a mando dele quando escreviam uma matéria contra o Governo dele ou falando mal da sua pessoa. Vivo ainda temos o Sarney, dono do Maranhão, que suga tudo o que aquela terra pode oferecer: A família Sarney age como vampiros da terra e está repleta de um povo amaldiçoado que vota nos seus assassinos por esmolas.
 O Brasil é a terra da impunidade, da malandragem, onde os poderosos são canalhas, burlando as leis a interesses pessoais. Não há aqui competência entre os poderosos, tampouco, ética, moral, honestidade.
Sinceramente, bandidos da Terra, esse é um convite dos corruptos a vocês. Aqui pode tudo. Venham para cá. Venham e façam festas aqui também.
Por enquanto, além de brasileiros, um terço dos meus leitores são americanos e demonstram mais interesse por este país e por esta política do que brasileiros, mas também estou sendo lido por irlandeses, sérvios, canadenses, alemães, russos, kuaitianos e peruanos até agora. Que bom que há esse interesse e aqui está a realidade brasileira, sem puxa-saquismo, sem suborno, sem mentiras, sem medo e sem censura.  
Se um de vocês, leitor, for um grande criminoso, aqui no Brasil é o melhor lugar do mundo para expandirem seus crimes. Enricar ilicitamente, traficar, prostituir, coagir, roubar, matar... Tudo aqui pode e se há a lei dizendo que não pode, é mentira! Aqui é só ter dinheiro para pagar. Aproveitem, pois se não vinherem logo, os criminosos políticos e magistrados que temos aqui logo não deixaram nada a ser roubado e destruído. Até parte do país os políticos vendem, como o FHC vendeu a base de Alcântara aos americanos.

Queria escrever algo melhor, mas este Brasil vergonhoso de hoje me tirou a visão do maravilhoso pôr do sol. Mas o que estou fazendo aqui a escrever? Vou à rua agora, beber cerveja, olhar as nádegas de adolescentes que se vendem em plena esquina e assistir futebol em algum boteco que todos estejam gritando gol, pois é isso que brasileiro faz. E os afetados pela corja política, tomemos onde as patas tomam. É pra isso que estamos aqui. Este é o meu Brasil, a minha vergonha, a minha realidade tristemente brasileira. Sinceramente, este é o dia que os corruptos do Brasil convidam os criminosos de todo o mundo para a festa em um país que tudo pode, desde que seja crime. 

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Brasil a horas da Guerra Civil

        Faltam menos de 24 horas para O Decano do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, primo do ex-presidente Fernando Collor de Mello, Ministro que foi colocado no STF por um dos políticos mais corruptos do Brasil, decidir pelo desempate da votação que pode garantir um novo julgamento a pelo menos 12 dos 25 condenados no processo do mensalão. Optando pelo ato covarde, hipócrita e repugnante a quase duzentos milhões de brasileiros honestos, o Governo provavelmente sentirá o poder de uma sociedade cansada de marginais políticos, trogloditas do povo, putos desgraçados viciados em grana e interesses pessoais.
         Daqui a algumas horas o STF poderá provar que está repleto de Ministros que já venderam a alma para o diabo, mas não ontem, hoje ou amanhã, já o fizeram há muito tempo.
     No Piauí, há denúncias de juízes que vendem sentenças por cinco mil reais, descaradamente; Desembargadores fazem o mesmo a partir de cem mil reais. No Tocantins,  juiz foi aposentado com salário integral ao ter favorecido uma condenação mais branda a traficantes, vendendo-se por trezentos mil reais; mas, apesar de esse magistrado ser aposentado por um desvio de conduta, teve uma vida na magistratura para agir criminosamente  e o fez. Assim acontece em todo o Brasil.
        Brasil, país que é comum a venda de sentenças, país que é típico agir em prol de interesses mesquinhos. Políticos lavando dinheiro com a parceria de Cuba, políticos investigados em falsas licitações, sendo líderes de quadrilhas e processados por isso.
        Estamos acostumado a uma farra bilionária com o dinheiro público! Nossos líderes não tem escrúpulos, vergonha na cara ou dignidade! Nossos líderes são usurpadores, predadores, criminosos. Pastores traficantes, estupradores, homofóbicos, ingressando na podridão política e sendo corruptos e cometendo  os mais diversos crimes é algo que não gera mais surpresa ou comoção aos brasileiros.
          Mas em um país tão amaldiçoado de diabos políticos e poderosos, qual seria o valor de um Ministro? Que valor os Ministros receberam para adiar a condenação de alguns dos milhares de bandidos políticos que representam o povo brasileiro? Que moral possuiu cidadãos doutores em leis e cientes dos fatos e dos crimes, crimes tipificados em milhares de centenas de páginas recheadas de provas que condenam os mensaleiros? Quanto custou a honra dos Ministros?
        Sou um ingênuo escritor, um inocente crítico, pois me iludo que os poderosos que venderam suas almas sintam o que é honra, integridade, ética, justiça ou qualquer outra palavra que lembre probidade!
        O que é o Brasil? Uma nação de tolos mansos! E em poucas horas o mundo pode estar prestes a afirmar essa nossa vergonha.
         O Brasil é tão sem moral perante o mundo, devido à corrupção que é moda por aqui, que Os Estados Unidos nos espionaram porque podem e a Presidente Dilma nada deve fazer além de ir ao público e demonstrar insatisfação, afirmando que exige providências, explicações e desculpas para o ocorrido. Sendo que a ceninha dela é apenas o fingimento de uma falsa moral, já que os americanos têm provas de vários crimes que envolvem os representantes do povo brasileiro. Nossa presidente está com o rabo preso e toda a sua revolta perante a imprensa é apenas teatro. Atitude zero, moral zero, sinceridade zero! Corrupção, mil!
       Voltando ao circo e pão do mensalão, faltam poucas horas para o povo, cansado de ser roubado, envergonhado e assassinado, pois pessoas morrem devido à corrupção dos nossos políticos, sendo essa a razão da maconha não ser legalizada no país, pois grandes líderes do tráfico são juízes, políticos e até Ministros! Já que o empate sobre os embargos infringentes na semana passada provou à nação que nem os Ministros da Justiça são confiáveis: a corrupção está em todos os poderes, incluindo a imprensa, membros do Ministério Público e da OAB!
        Sou apenas um brasileiro inconformado com a situação atual de um país tão rico e tão devastado por quadrilhas, vândalos e pilantras desalmados, entregando o povo brasileiro ao diabo. Hoje, estamos próximo a 30 milhões de miseráveis e 20 milhões de pobres; e enquanto esses não comem ou engolem farelos, mas pagam seus impostos, são dignos e honram seus compromissos, milionários e bilionários continuam a engordar suas contas fantasmas no exterior e seus patrimônios pelo mundo em nome de “laranjas”.
        O gigante Brasil, prestes a ver pizza novamente! A verdade é que pós 513 anos de corrupção, estamos próximos de viver mais 513 anos de roubalheira e covardia em nosso país. Daqui a poucas horas saberemos se seremos trouxas por mais 513 anos.
        Setembro de 2013, dia 18, quem sabe este seja o dia que o povo honesto, cansado do furto das repletas riquezas das nossas terras, da destruição das nossas florestas, da poluição de nossas águas, tudo por trilhões em contas de corruptos, quem sabe ocorra a guerra civil no Brasil.
        Quando um país está em vergonha, em luto de representantes honestos, um país que até Ministros  se vendem, quem sabe o melhor para este país seja uma guerra civil.
         A verdade é que crimes não geram condenações quando se tem poder e nossos Ministros agem como comprados, coligados, com interesses diversos de algo que se assemelhe à justiça. Mas esses milhões, bilhões recebidos, que sirvam para o povo acordar, e se a guerra civil acontecer, significa apenas que cansamos de ser palhaços; coisa que sempre fomos e daqui a horas afirmaremos ser ou não, dependendo do primo colocado. Contudo, colocado para qual função? Para servir a quantos e por quanto?
       Brasil: Piada! Até a aposentadoria dos Ministros atuais e a vinda  dos próximos colocados.
       Somos quase 200 milhões de brasileiros prestes a sermos gozados pelo mundo inteiro, políticos, ministros, mensaleiros e demais corruptos; em poucas horas saberemos  se o Ministro Celso de Mello foi colocado para desempenhar certas funções ou indicado por ser competente, fazer o certo e aplicar a lei, pondo um fim à novela dos mensaleiros, mandando-os para a cadeia.
         Amigos. Leitores. Entretanto, tenho que os alertar, não devemos nos decepcionar se o Decano aceitar os embargos infringentes! Aceitaremos fazendo barulho como crianças e depois nos calaremos, pois somos trouxas! A verdade é que somos uma sociedade corrompida, estamos prestes a provar que o crime compensa.

         Adoraria não ter que tomar “Coca Cola” daqui a algumas horas, mas, cai bem com pizza. Um brinde à corrupção, não a uma guerra civil e muita Coca e pizza, pois vem mais 513 anos de corrupção pela frente.   

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

A bomba que a mídia brasileira esconde do mundo.

O que lerão a seguir é forte, intenso, censurado. Contudo, o que é ficção e o que é real? Adianto que 90% com certeza são realidades brasileiras; os outros 10% há também uma grande chance.

·         O Estado tem que sobreviver a tudo. O povo: somente se não lutar para derrubá-lo. 
(É por isso que manifestantes são lesionados nas manifestações. O Estado tem seus interesses e não é o povo, o interesse é desviar bilhões e os políticos brasileiros estão no topo dessa corrupção, mas não só eles).
·         Os cachorros policiais são mais importantes. Vocês estão abaixo dos cachorros! Entre a vida de um cachorro policial e a de vocês, a do cão vem em primeiro lugar. A hierarquia começa com Aluno Soldado. Depois, o cachorro policial, o Soldado; aí vem o Cabo e por aí em diante.
(Fato verídico. Um SGT PM, instrutor, falou isso a ALUNOS SOLDADOS PM assim que ingressaram na polícia.)
·         Seus salários eram de fome. Pois, durante o curso, não recebiam o soldo integral. Somente teriam seus salários magros, mas o suficiente para sobreviverem. Não com o básico de conforto, mas era uma maneira de sobreviver. Eles ganhavam tão pouco que tinham que economizar na comida e no que compravam. Seus nomes ficaram negativados no banco. Seus cartões estouraram, seus cheques voltaram.
(Fato verídico de Alunos Soldados durante a formação PM. Por razões como essa, alguns, que já são tendenciosos ao crime, saem dos cursos de formação e ingressam em quadrilhas. Policiais quando fardados e criminosos durante a folga da polícia.)
·         A maior parte do Regulamento Policial Militar, como leis, decretos e portarias é imoral, degradante e intruje.
(Fato verídico. O Regulamento da PM é inconstitucional, mas ainda prevalece.)
·         Boa parte das regras e instruções militares eram preconceituosas, ignorantes e ultrapassadas. Estavam presentes na polícia desde o berço. Um militarismo definhado, mas que permanece o mesmo nos dias atuais.
(Fato verídico)
·         Os outros órgãos evoluíam. A polícia era a mesmice de sempre, que segundo os mais antigos da Instituição: “Na polícia nada se cria! Tudo se copia”.
(Fato verídico)
·         A polícia era atrasada, cruel e até desumana. Uma filosofia débil, grotesca, pusilânime, retardada. A Polícia Militar achava que humilhando seus homens durante o curso, colocando eles em situações abaixo da honra, a Instituição alcançaria dois fins: a de que ela mandava, e a de que a hierarquia envergava, mas nunca quebrava. Como também, se os Alunos suportassem todas as humilhações sofridas durante meses, fora dos muros do quartel estariam prontos para tudo. A polícia os preparava para as piores situações e, assim, nada no mundo civilizado os abalaria após o Curso de Formação. Devido ao Regulamento Disciplinar arcaico, a polícia criava monstros, doentes mentais, homens cansados e heróis derrotados.
                  Depois de meses de humilhação, dívidas, intensa repressão, desgaste físico e emocional. Terem cheirado gás lacrimogêneo por meses, devido às instruções. Terem suas vistas queimadas, dezenas de vezes, por gás de pimenta. Rastejando em lama por horas, com os rostos colados nela, e coturnos em suas costas. Os alunos não saíam do curso para ser a cura da sociedade. Saíam de lá cansados e doentes! Querendo descontar a injustiça. E assim como ninguém teve dó deles, por que eles teriam alguma condolência?
               Alguém iria receber as dores. Se eles achassem marginais: ótimo! Caso não, qualquer um iria acabar sendo o alvo dos heróis desbravados que o Estado maltratou. Educando-os, não para eles agirem com discernimento e, sim, manterem a ordem a qualquer custo. Nem que para isso seja usado violência psíquica ou física, repressão ou crime. As mentes perturbadas dos Alunos não discerniam mais com total sensatez. As mentes fortes se mantinham com sequelas. As fracas se tornaram dementes fardados, dotados de poder.  A lei era para os pobres, para os humildes, para os fracos. Os poderosos, os influentes, os políticos: tudo estava aos pés deles, inclusive a lei se curvava para uso e fruto pessoal dos poderosos. Quem tem, pode abusar ou não dos fracos.
(Fato verídico?! Certas evidências e atitudes não precisam mais ser explicadas. Agora vocês compreendem o porquê que a polícia agride porque quer, como está no vídeo que o Capitão Bruno do choque afirma isso. O Estado maltrata o policial de uma forma que alguns ficam com sequelas. )
O Capitão Bruno, PM que sofre os abusos relatados AQUI, afirmando que agredi porque quer. O Estado o faz assim:                      
                                         
Vítimas da repressão do Estado. Cidadãos que contribuem para o país, vítimas da violência policial determinada pelos governantes e políticos a seus vassalos, CMTs das PMs e das operações durante as manifestações para um Brasil melhor para todos. Contudo, os corruptos só querem o melhor para os seus bolsos e se danem o país e o que buscam melhorias ou se manifestem visando um Brasil melhor.
                                         
·         Sei que essa represa será lavagem de dinheiro. Sei que metade dos Deputados desta Assembleia estão recebendo dinheiro dos empresários interessados. Nunca foi o lema de melhor para o povo. É somente o melhor para os bolsos de vocês. Seus inescrupulosos hipócritas e sugadores da ingenuidade dos cidadãos. No fim o que resulta são políticos bilionários, lavando dinheiro em obras públicas, recebendo propinas de magnatas e comprando a imprensa local. Iludindo a população com ideologias programadas. Persuadindo os inocentes a apoiarem bandidos. A Assembleia fede! Está podre! Ladrões carniceiros! Além de ladrões, assassinos também?! A imprensa está na sala e é comprada! A TV local é comprada pelo Governo, pela polícia, pela Assembleia. Nada disso que está sendo falado será transmitido na TV e hoje mesmo isso será provado! O Presidente da Câmera porque comprou quase todos os Deputados, inclusive seus concorrentes. Você, Deputado, ofereceu cinco milhões a quem o apoia-se, inclusive a mim! Só que eu neguei o seu dinheiro sujo. Contudo, o projeto foi votado e aprovado. A maior parte dos Deputados estava recebendo propina; milhões para cada um.
(Fato verídico?! Rsrs...)
·         Bandido! Não se meta com ele. Ano passado morreu o Sargento Alfredo da Diagonal. Ele foi assassinado na frente da esposa e dos filhos. O Sargento Alfredo investigava o Sargento Armando e quando conseguiu as provas, foi morto. Todos sabem que foi Armando, contudo, ninguém provou!
(Fato verídico!)
·         Os irmãos na igreja dizimaram o que tinham em seus bolsos. Só naquela noite o pastor arrecadou mais de quarenta mil reais. E muitos irmãos, no decorrer da semana, venderiam seus bens, mesmo por um preço mais barato! Eles darão a Deus o dinheiro. A igreja do pastor Macedo fazia esse intercâmbio. Em uma vida passageira, o melhor mesmo era garantir a eternidade. Dinheiro não trazia felicidade. Fé em Deus era a felicidade. O pastor inventou a conversa da revelação Divina porque tinha uma grande quantidade de cocaína para pagar. Em todas as outras milhares de igrejas, os pastores foram instruídos para falarem a mesma coisa.
(Fato verídico?!)
·         Já disse para não repetir isso. Nunca mais diga que eu transava com o seu irmão, ou que transmiti HIV a ele e a você. É nosso segredo. E pare de cheirar; vá embora. Perdi o clima. Passou o tesão. – Disse o padre.
(Fato verídico! Devido ao seu poder e influência, padre transmitiu HIV a crianças.)
·         Algumas semanas se passaram. Tudo continuava igual na cidade. Tudo estava igual no país. Manchete por cima de manchete; corrupção por cima de corrupção; bizarrices, crimes, falcatruas, mentiras... Tudo por cima de tudo! Nada como penalidade ou resultado! Era o Brasil do momento; vomitar não adiantava: vomitávamos ao chão; mas de cima vinham as fezes de porco do poder. Éramos uma sociedade livre em um país tendendo cada vez mais ao imundo. Éramos as prostitutas do sistema. O Governo nos pegava de quatro, deixava-nos no chão com o rosto sobre as fezes de porco e nossos próprios vômitos de bêbados: o Governo fazia o que queria com a “cadelinha sociedade”. Já nós: aplaudíamos, fingíamos que não era conosco ou até ríamos do vizinho; quando na verdade, estávamos tão em meio à merda que era estranho sorrir com as fezes entre os dentes; mas éramos tapados e não enxergávamos o poder que uma sociedade livre detinha. Entretanto, estávamos há tanto tempo com a fuça nas fezes e vômitos, que perdemos o discernimento ou a sabedoria. Só percebíamos o tronco que nos rasgava por trás. Mas no fim, sentíamos até gostoso e relaxávamos. Pois, nem gemíamos mais de dor; talvez de prazer: era gostoso ser fudido! Aceitávamos tudo. Aceitávamos a merda de cima. Vomitávamos porque acabava nos fazendo mal. Mas no futuro virão mais eleições e iremos votar nos mesmos putos, nos mesmos sacanas hipócritas que nos pegavam de quatro. Somos uns potros safados, acomodados, néscios, covardes, bandidos... Éramos e ainda somos merecedores dessa carniça chamada poder, dessa imundice deslavada, da porcaria toda que acompanhamos na história: TV, jornais, revistas e por trás dos bastidores.
A verdade é que quando nos acostumamos com a carniça, ter urubu comendo carne podre é normal. Mesmo se a carne for a nossa. Acostumamos de tal forma com esse poder bandido, que seria uma eguagem tremenda falar sobre um resultado que nunca virá. Nossa falta de fé e coragem é tremenda. Continuemos a vomitar. Que o sistema também continue a despejar mais fezes de porco sobre nós. Tudo é uma festa: carniças; carnificinas; podridões: é o meu país! É o meu Brasil! O seu Brasil também.
Era muita impunidade. Era muita bandidagem. Criminosos demais soltos. E os mais poderosos representavam a nação. Eram nomeados com poder. Políticos, Embaixadores, Ministros, Secretários, cargos vitalícios e de confiança, assessores, Diplomatas e empresários coligados por um sistema cada vez mais emaranhado de podridão. Era uma bomba relógio: um dia explodirá! Mas enquanto esse dia não chegar: milhares, milhões, faziam, fazem e continuam seus caixas dois. Os desgraçados viciados em poder e grana estão cada vez mais ricos e poderosos. E assim, 190 milhões de pessoas na mão desses bandidos que apenas defecam em nossas cabeças as fezes das suas bundas fedidas. Mas a realidade é que, apesar de parecer um horror, muitos de nós abrimos a boca para o alto e engolimos as fezes de porco com gosto! Somos brasileiros. Somos guerreiros! Nossos sobrenomes são um único: corrupção. Os poderosos defecam em nós, nos varam de quatro e vomitamos. Eles nos enfiam de cabeça no vômito, e o máximo que fazemos é darmos mais poder, e de quatro, a todos que nos fazem isso.
(Realidade brasileira?!)
·         Mas aquele Sargento não acreditava nisso, e foi essa a razão de ele ter deixado Gilberto dizer adeus. Pois, se ele acreditasse em vida pós-morte, teria que viver com medo de ir para o Inferno, e os corruptos, os hipócritas, os imorais, os criminosos, os mentirosos e tantos outros tipos não querem ter esse medo em suas consciências. Então, não havia nada após a morte. Só a vida e tudo que poderiam usufruir dela. Entretanto, na possibilidade infinita de existir Deus, a misericórdia Divina o absorveria depois que ele se arrependesse amargamente no Inferno. Assim, uma vida de crimes e luxúria ainda valeria à pena, afinal, seria apenas alguns dias de dor no Inferno e ele faria sua paz com Deus: o Misericordioso! E descansaria em glória no Paraíso! O crime compensava em todos os sentidos. Aquele homem pensava assim.
(Os políticos criminosos que demos o poder só se preocupam com o agora, até os que fingem ser crentes!)
·         Os outros órgãos liberavam, outros funcionários públicos trabalhavam de acordo com o período que estudavam. A Polícia Militar, com seu Regulamento Disciplinar Neandertal, não! E quando um PM queria estudar para crescer como pessoa, seus CMTs não permitiam e dificultavam a ida aos estudos, e humilhavam os que seguiam esse caminho: a PM queria asnos escravos! Assim, mantinha as escalas impróprias, como também, colocava os estudantes em escalas-extras. Tudo para desestimula-los em relação aos estudos e permanecerem na instituição com seus salários miseráveis. Por causa disso, muitos se perdiam no mundo do crime. Outros estavam constantemente afastados para tratarem de problemas de saúde mental.
(Fato verídico!)
·         Políticos, membros do Ministério Público, Desembargadores, Senadores, Deputados, Magnatas, Gerentes de Bancos Privados, de Economia Mista e Públicos também saíram. O nome do Presidente e do Vice-Presidente do Banco Central, outros Governadores de Estado, Prefeitos, Vereadores, Órgãos Públicos inteiros, Delegados, Oficiais das Forças Armadas, Chefes das Alfândegas, Embaixadores, Ministros, Policiais Federais, Civis e Militares. Donos de emissoras de TV, famosos, artistas e atletas também estavam na lista. Grande parte dos poderosos do Brasil estavam envolvidos.
(Fato verídico?!)
·         Culpa do sistema. De uma política miliciana ultrapassada e coercitiva. Vocês louvam e bajulam qualquer um que não seja Militar, ou para pedirem favores, ou para serem adorados e respeitados depois. Já, quanto aos subalternos, os companheiros de serviço, humilham e desprezam. Vocês Oficiais e suas poses, fingindo ser o que não são! A verdade é que os políticos pisam em cima de vocês, os magnatas exigem favores que vocês são obrigados a cumprir. Todos vocês são lixos! O sistema precisa mudar. A polícia precisa de uma reforma. Não existe ética, caráter, honra e humildade. Existe abuso, violência, preconceito, pose! Vocês são uma vergonha para a sociedade. Sei que aqui tem alguns inocentes; alguns que não fazem parte do esquema podre que se tornou a polícia; dessa merda que é hoje e que fede a fezes de porco e vômitos de bêbados. O Governador faz o que quer com os carrapatos e os carrapatos são vocês, Oficiais. Carrapatos nojentos que sugam o sangue das suas vítimas, que sugam o sangue da Tropa. A cidade hoje é dos traficantes porque há políticos envolvidos, como muitos poderosos de vários órgãos também! E vocês aceitam e nada fazem; e tudo por uma estrela a mais no ombro. E sei que lá fora vocês são homens normais. Aqui dentro são deuses. Agem como se fossem Deus!
Contudo, o que seria certo? Deixar os criminosos usando fardas e os inocentes ocupando os presídios. O certo é mandar o chefe do tráfico fugir e matar inocentes? O certo é dar mais valor a um varredor de rua e trata-lo com educação? E não dizendo que o gari não mereça ser tratado com educação, ele é digno disso! Um serviço digno, duro e merece todo o nosso respeito! Mas acontece que aqui dentro da instituição miliciana, os mesmos que dão um bom dia a um varredor de rua e o respeitam, falam para um Soldado que pobre não estuda, e humilhar, e constranger, faz parte da rotina. Não importando se é na frente da família desse Soldado ou da Tropa inteira. Boa parte dos Oficiais usam suas patentes para humilhar, para desprezar, para mesquinhez pessoal e favorecimentos. Para alimentarem o ego. Para se autoafirmarem que têm poder! O certo é ser hipócrita e agir como se tivesse moral? Acontece que os senhores são esse tipo de homens. São essas coisas.
               Vocês podem até não estar puxando o gatilho agora; mas a maneira de agir cria os subalternos que disparam e matam inocentes. Vocês colocam policiais despreparados nas ruas para poderem falar na imprensa com maior discernimento. Contudo, impedem os mais pobres da Tropa de crescerem como pessoas. Só que a culpa do Brasil estar como está hoje é dos senhores. Os senhores tratam malandro com dignidade e o Soldado, o Cabo e o Sargento, que estão na linha de frente e morrem, tratam com desprezo, humilhação e preconceito. Os Oficiais são promovidos automaticamente; já os Praças, nem com o tempo de serviço. Moral, para quem tem poder vocês dão! Fazer um favor para um subalterno, não. A PM precisa passar por uma reforma. Tem que haver uma melhor consciência dos Oficiais. Entendam que não somos as cadelas do Governador e de outros poderosos; mas da maneira que se comportam, dão a eles essa visão. Os senhores, Oficiais, respeitam os estranhos, mas não respeitam os companheiros, os subalternos. Homens que são da família miliciana. Homens que sangram conosco, que morrem conosco. Éramos para sermos mais unidos. Contudo, os senhores fazem a Tropa se distanciar. Com o tempo, preferimos ver o cão, que ver Oficiais. São repugnantes e asquerosos. Me dão nojo e nojo a todos.
(É a mentalidade do pensamento de milhares de Oficiais PM!)
·          “Dane-se a ética ou a moralidade, não temos mesmo!” Assim pensavam os Deputados presentes.
(Fato verídico?!)
·         Ele manipula indiretamente todo o Congresso, todo o Senado e o Presidente da República. Ele é de uma família antiga na política e das mais poderosas. Desde a época da Política do Café com Leite, dos poderosos Coronéis. O poder dele não vem de hoje, foi passado de geração em geração. Ele assumiu os negócios da família há anos. Ele é o homem que você procura. O homem mais poderoso do Brasil e do mundo. Ele é o leviatã. Ele é o demônio. Se você acha que está sendo o inferno é porque não viu como ele é mal, cruel e desumano. As milhões de pessoas que morrem no mundo por causa da falta de ações políticas, de desvios de dinheiro para o tráfico de drogas, de apoio à prostituição e à miséria, ele coordena tudo. Tudo que envolve o tráfico de drogas no mundo acontece com o consentimento dele. Se o pegar, você derruba o cabeça de tudo. Ele é todas as cabeças da Hidra de Lerna. A besta do Apocalipse.
(Fato verídico?!)
·         As viaturas sucateadas da polícia não tinham motor para essa perseguição. O dinheiro da Segurança Pública é desviado, sempre foi assim. Os números inventados, dizendo que anualmente se gastam milhões, são mentiras deslavadas. As viaturas em muitos Estados são sucatas. A polícia está a mercê da própria sorte. Em alguns interiores, os pneus das viaturas estão no arame farpado. Alguns veículos só funcionam a terceira e a quinta macha. Há municípios que os carros não rodam porque a polícia faz parcerias com as prefeituras e os prefeitos dizem que circular gasta muito combustível, então que elas fiquem quietinhas, deslocando apenas para ocorrências ou o mínimo possível. E isso porque a Polícia Militar é constitucionalmente ostensiva e preventiva. Ou seja, teria que ser vista para prevenir. Mas os prefeitos interioranos pouco se importam com a Constituição. Quanto menos gastam com a polícia, mais sobra para as suas carteiras. O dinheiro é contabilizado como gasto; contudo, gasto em suas fazendas, mansões e em apartamentos na capital. Enquanto os políticos ficam com uma fatia da receita destinada à Segurança Pública, a polícia usa seus Praças em serviços que não são o de polícia. A verdade é que os mecânicos dos quartéis são PMs, desviados das suas funções constitucionais para desempenharem outras funções atípicas, e não se tornam só mecânicos, como também: cozinheiros, faxineiros, zeladores, secretários, office-boy etc. Tudo para economizar alguns trocados. E como a verba não chega aos batalhões, desviado antes disso por muitos, cada qual pegando uma fatia! Peças de alguns veículos são colocados em outros. Com o tempo, as viaturas ficam sucateadas nos batalhões e uma frota de cinquenta viaturas, trinta rodam com dificuldades, o resto é sucata em forma de receita. O Governo mente. Os comandantes também; já que são nomeados pelos Governadores dos Estados, e, ou dão entrevistas como eles ordenam ou no mínimo, exonerados das suas funções. É a política e suas manipulações. E quem tem poder, quer mais poder. Todo Coronel da polícia quer ser CMT Geral da polícia. Então, quando o Governador nomeia, o CMT Geral segue a risca as ordens do Governador e só fala quando eles autorizam e o que autorizam! É o sistema. É o Brasil
(Fato verídico! Esses SW4 e veículos em geral que a polícia possui nos grandes centros é apenas uma forma de política. Em alguns Estados, no interior principalmente, há sucatas em forma de viaturas e ordens dos prefeitos para as viaturas não circularem, pois eles que abastecem e é preciso sobrar mais dinheiro para ser desviado para suas contas particulares.)
·         As circunstâncias, os criminosos, os crápulas fizeram ele ser a única arma contra um sistema imundo, contra um Brasil sujo, contra uma nação envergonhada por governantes e leis podres e ultrajantes. O Brasil era lesado, foi assim desde o desmatamento da Mata Atlântica. Os brasileiros eram lesados e a nossa situação se agravou ainda mais com os governantes das últimas décadas. E políticos pobres antes do poder, tornam-se bilionários depois de alguns anos de mandatos. Nós aceitávamos o descaramento, o assalto em nossos bolsos. Pagamos os impostos mais altos do mundo e o dinheiro em vez de retornar para nós, ficam na mão de ladrões que nos representam.
(Os manifestantes estão sendo essa única arma contra o sistema imundo!)
·         A PM ainda não é uma instituição igualitária, é machista e preconceituosa. E uma prova disso, em todo o país, não tem uma CMT Geral da polícia PFem ou homossexual declarado.
(Fato verídico!)
·         Trabalhamos oitos horas por dia para pagar os salários dos nossos governantes, enquanto nossos filhos têm uma das piores educações do mundo, a 88º no ranking mundial e isso porque somos a sétima economia do planeta. A Saúde Pública cada vez pior. Era um descaso total com os contribuintes e as estatísticas provam isso: anualmente falecem nos hospitais públicos cerca de 100 mil pessoas por infecções hospitalares. Outras cinco mil por doenças de Chagas, em virtude da negligência do nosso Governo, como também, cerca de dois milhões de brasileiros estão infectados com esta doença. Enquanto isso, 12 milhões tem diabetes e chega a quase 55 mil o número de mortos por ano. Outros 300 mil brasileiros falecem de doenças cardíacas e os cardiologistas afirmam que essas pessoas poderiam ser tratadas e essas mortes evitadas. Temos mais de 130 milhões de brasileiros sem os esgotos das suas moradias tratados e 75% dos brasileiros que moram em área rural vivem essa realidade. Atualmente mais de 40 milhões de brasileiros não tem acesso à água tratada e 8 milhões sequer tem banheiros em suas moradias. Como se não bastasse isso, o Brasil tem mais de 16 milhões de miseráveis, mais de 14 milhões de analfabetos e quase 78 milhões de pobres. Já por falta de Segurança Púbica, 43 mil pessoas são assassinadas e mais 51 mil desaparecem anualmente no nosso país. Sem falarmos no número enorme de mortes no trânsito, em virtude também de rodovias esburacadas e mal sinalizadas, são quase 43 mil mortes anualmente. Esses dados provam que o Brasil se encontra abandonado. São muitos descasos. A nação esqueceu a lista. Esqueceu a lição de Gilberto. O mundo esqueceu! Onde está a saúde pública no nosso país? A educação? A Segurança Pública? Os corruptos não se importam. E os dados oficiais afirmam que são quase 70 bilhões de reais desviados anualmente através de corrupção no Brasil. Ou seja, desde que o Real entrou em vigor, foi desviado por volta de um trilhão e 300 bilhões de reais. Dinheiro que mudaria para melhor a vida de milhões de brasileiros. Sendo que o verdadeiro valor desviado pelos corruptos é incalculável. Somos a melhor nação do mundo porque aqui todo poderoso faz o que quer e o povo ainda os aplaudem como se tivéssemos vendo um espetáculo. O Governo nos dá farelos: bolsa família, bolsa escola etc. Disfarce para manipular suas garras! E enquanto a nação come ovos, os poderosos esbanjam caviar. Não ensinam filosofia nas escolas. São poucos os colégios que teem música no currículo escolar. Não ensinam a Constituição. O poder não quer pensadores, o poder que asnos. E uma nação com 192 milhões de pessoas, torna-se uma nação com 190 milhões de néscios. Os outros dois milhões são os espertinhos, os ligeirinhos, os aproveitadores, os criminosos, os corruptos e os ligados a eles. O Brasil padece de socorro
(Fatos verídicos!)
·          Entre tantas coisas que o Brasil precisava, o Presidente queria sancionar acordos bilaterais com a Colômbia e liberar o uso da cocaína no Brasil de forma controlada. Só que os brasileiros não têm uma estrutura educacional e hospitalar para atender todos os viciados, como também, com o número de pobres que temos, culturalmente, em pouco tempo, iremos à estaca zero. Não haverá mais como andar nas ruas sentindo uma sensação de segurança; já que esta já não temos mais! Sem falar que o acordo bilateral não era envolvendo outros ramos de negócios, não era para empresas e indústrias politicamente corretas e sim para intensificar o tráfico de drogas e nas escuras seriam criadas mais rotas, mais portos, mais entradas e saídas para a cocaína em nosso país. O Presidente permitiria isso porque era o negócio dele. E se antes o Estado era dele, e tudo ele sabia; agora o país era dele e tudo ele vai continuar sabendo. O criminoso mais poderoso do mundo era o nosso líder. Colocado no poder pela massa! Agora os brasileiros iam ter ao menos quatro anos parar amargar com a “Besta” no Brasil. A “Besta” era brasileira. Um brasileiro. O Presidente. E ele sorria perante as câmeras e o mundo conhecia o seu rosto e poucos sabiam o quanto ele era mal, demoníaco, perverso: o leviatã! E tão perto e nos dominando e manipulando.
(Fato verídico?! Ainda não, mas estamos a cada dia mais próximo dessa realidade. Mundo, esse é o Brasil.)

Os trechos acima são do meu romance político “Morte ao Poder”. O livro mais fielmente brasileiro de todos os tempos. Um quinto dos leitores deste blog são americanos, então, apresento-lhes o Brasil. Lembrando que qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência. Contudo, o livro é uma ficção. E a bomba está explodindo, dia a dia os brasileiros se cansam e o Brasil vai explodir. Entretanto, a PM sempre faz greve devido a baixos salários e quando eles estiverem em greve haverá manifestações e quero ver quem os Governadores irão manipular, ameaçar, ordenar para usar de violência se preciso contra os seus próprios eleitores. Lembro que o Comandante Geral da Polícia e o Secretário de Segurança Pública são nomeados pelo Governador, ou seja, fazem o que é mandado fazer ou são ameaçados com a exoneração do cargo. E aqui esta verdade é colocada em pauta porque a mídia que tem rabo preso esconde esses fatos. Contudo, já viajei por centenas de cidades, por todas as cinco Regiões do Brasil e as pessoas falam o que vivem e vivenciei muitos fatos. Tem PM no Pará que já põe a mão aberta ao parar um veículo, não para pedir a documentação e sim para receber o dinheiro do café; já no Maranhão, o café pode ser até R$ 2,00. É moda PM pedir em algumas estradas e cidades. Mas não ocorre somente lá, em São Paulo, Rio de Janeiro e outros grandes centros, se o PM insinuar, é melhor tirar algum trocado do bolso e entregar, eles têm o poder de polícia e a palavra de um PM em serviço está acima da de um cidadão comum. E lembrem-se o sofrimento, tortura e humilhação que os PMs passam durante as instruções. Alguns só querem descontar o que sofreram; outros, só cumprem o que seus CMTs ordenaram. O Brasil está a um passo de explodir. O Regulamento Disciplinar Militar tem que mudar e deixar de tratar os Alunos como se não fossem seres humanos ou tivessem vida. O Sistema é tirano e os Governadores e políticos em geral se aproveitam dessa deficiência na polícia para cometerem a maior roubalheira que o Brasil já viveu e quem protesta é afugentado, violentado, preso e daqui em diante, quem sabe, começaram matar. Tirar a vida de quem só quer um Brasil digno, ético, menos corrupto. A bomba está para explodir, as corrupções dos nossos políticos estão muito escancaradas. Até quando o povo vai aguentar? Até quando o povo vai para a rua sem se armar? Os militares agressores têm que lembrar que quem apanha um dia cansa. Temos um Brasil repleto de bandidos. Poderosos, líderes, políticos, membros do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil, do Judiciário e até da imprensa, coligados. Há também quem faz matéria séria e imparcial, contudo, há os que devem e têm que pagar, e pagam burlando informações e passando à massa somente o que é conveniente e permitido. Aqui transmito ao mundo o Brasil à beira da explosão, quem sabe, da extinção.