quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Brasil convida criminosos de todo o mundo

O povo foi à rua, demonstrou insatisfação, repúdio, vergonha!
O povo foi à rua e gritou, pestanejou e houve até quem causou arruaças, quem não segurou o cansaço dos vândalos da corrupção e causaram danos a patrimônios.
O povo foi à rua por acreditar que o Brasil podia ser um país digno.
O povo brasileiro hoje perdeu a fé na justiça! Hoje o Ministro Celso de Mello provou que a justiça não é para todos! Ele calou a boca de quase 200 milhões de brasileiros. E não adianta o povo chama-lo de vendido, de covarde, de corrupto; não adianta difama-lo ou injuria-lo, afirmando que o Ministro não tem honra, ética, caráter! Não adianta, pois apenas quem possui tais virtudes se importa quando suas virtudes são postas à prova.
·      Quem não é digno, não se importa por ter contas recheadas no exterior e uma velhice luxuosa, repleta das mais lindas prostitutas que o dinheiro pode pagar, com relógio de diamante no pulso, carro importado na garagem, jatinho em pista particular, coberturas nas cidades mais caras do mundo e iates onde quem é corrupto pode encher a cara de whisky e rir e zombar de um povo brasileiro tão coitado.
          Não houve guerra civil, somos mansos. Eu mesmo escrevo e escrevo; não sou o tipo que põe uma pistola na mão e decide ir ao Congresso Nacional atirar na cabeça de cada corrupto, levando claro, centenas de balas. Mas se fizesse isso, resolveria o problema temporariamente. Contudo, outros corruptos assumiriam o mesmo Congresso e agiriam das mesmas maneiras sorrateiras que seus antecessores. Entretanto, a morte poderia pôr medo aos novos Parlamentares, já que outros  heróis, idealistas, altruístas, justiceiros poderiam fazer o mesmo.
           Meu Brasil, um país imenso, quase 200 milhões de brasileiros e nenhum herói! Estamos à nossa própria sorte e sem sorte.
          Hoje mais do que nunca tenho vergonha de ser brasileiro. Tenho vergonha dos representantes do povo. Tem três eleições que voto “00” nas urnas, anulando todos os meus votos, justamente por não ter representantes confiáveis. O Tiririca, o palhaço que se tornou Deputado, ao qual foi um dos mais votado do país na última eleição, sendo a forma que o povo achou de protestar, o elegeu. Mas, a realidade brasileira é que as serpentes no Congresso Nacional deram ao Deputado palhaço três opções:
·         Se corrompa como o restante do Congresso.
·         Se corrompa ou o matamos.
·         Saia e permaneça vivo.
          Isso é real, como sou escritor e escrevi “Morte ao Poder”, que é um romance político, acabei tendo boas fontes.
          O mundo político infecta todo o Brasil e Ministros do STF não deixariam de ser comprados. Bin Laden foi posto como monstro, acusado pelo terrível, lamentoso, doloroso e eterno 11 de Setembro, a qual nunca será apagado da história humana, do universo, a qual o luto sempre existirá no coração americano e de milhares de familiares. Entretanto, se o mesmo tivesse escolhido como alvo o Congresso Nacional, ele teria salvo este país.
          A verdade é que o Japão foi devastado por uma guerra, por bombas atômicas e hoje é um país renovado e admirado, um país com leis, de políticos íntegros, um país que respeita seu povo, um país exemplo em muitas coisas, de orgulho ao mundo.
          O Brasil hoje está de luto. Mas oferecemos a nossa indignação através de nádegas das nossas adolescentes, que cada vez mais tomam anabolizantes e rebolam em frente às câmeras, como se promiscuidade tivesse algum valor; contudo, sou ignorante nesse aspecto, um tolo, iludido! No Brasil, promiscuidade, nádegas arrebitadas, políticos corruptos, tudo isso é o que temos de mais valor; pois eles são aplaudidos, estão na mídia e, a cada dia, mais famosos e mais ricos.
          Faz décadas que qualquer engenheiro, mecatrônico, físico e outros profissionais fabricam bloqueadores de celulares que podem ser instalados em presídios. Contudo, sabem porque os presos continuam a ligar das prisões? Porque o Governo quer!
          O Governo é um fingidor, engana o povo porque necessitamos de uma sensação de segurança, necessitamos acreditar que o Governo está prendendo criminosos. Mas os presos são apenas “laranjas” enquanto os verdadeiros líderes das maiores quadrilhas do mundo são governantes, poderosos e influentes.
          O Governo precisa de nomes e números e os enjaulam para passarem à sociedade essa falsa segurança que o Brasil padece. Hoje, a polícia civil, Federal, ABIN, PM, as Forças Armadas e demais orgãos, todos sabem quem e onde estão os maiores criminosos do Brasil, os líderes do trafico internacional, e não só de entorpecentes, mas de armas, animais, diamantes, ouro e outras joias e preciosidades dessa vasta, rica e linda terra.
          Políticos, Ministros, juízes, Promotores, donos de emissoras de TV, donos de jornais, atores, cantores, pastores e outros poderosos e influentes são os verdadeiros criminosos, são quadrilhas que manipulam as massas.
          O que posto aqui não é conversinha, é a realidade. Em qualquer ruela que formos hoje, em qualquer cidade do Brasil, cinco minutos é o suficiente para sabermos onde têm casas de prostituição, onde vendem drogas, armas, bombas ou o que quisermos. Todo brasileiro sabe se quiser e as autoridades fingem que fazem escutas há anos e depois fazem uma operação, prendendo alguns culpados; contudo, isso é apenas para iludir.
        Um dos maiores criminosos que o Brasil já teve foi o ACM, dono da Bahia e poderoso no Brasil. Muitos morreram a mando dele quando escreviam uma matéria contra o Governo dele ou falando mal da sua pessoa. Vivo ainda temos o Sarney, dono do Maranhão, que suga tudo o que aquela terra pode oferecer: A família Sarney age como vampiros da terra e está repleta de um povo amaldiçoado que vota nos seus assassinos por esmolas.
 O Brasil é a terra da impunidade, da malandragem, onde os poderosos são canalhas, burlando as leis a interesses pessoais. Não há aqui competência entre os poderosos, tampouco, ética, moral, honestidade.
Sinceramente, bandidos da Terra, esse é um convite dos corruptos a vocês. Aqui pode tudo. Venham para cá. Venham e façam festas aqui também.
Por enquanto, além de brasileiros, um terço dos meus leitores são americanos e demonstram mais interesse por este país e por esta política do que brasileiros, mas também estou sendo lido por irlandeses, sérvios, canadenses, alemães, russos, kuaitianos e peruanos até agora. Que bom que há esse interesse e aqui está a realidade brasileira, sem puxa-saquismo, sem suborno, sem mentiras, sem medo e sem censura.  
Se um de vocês, leitor, for um grande criminoso, aqui no Brasil é o melhor lugar do mundo para expandirem seus crimes. Enricar ilicitamente, traficar, prostituir, coagir, roubar, matar... Tudo aqui pode e se há a lei dizendo que não pode, é mentira! Aqui é só ter dinheiro para pagar. Aproveitem, pois se não vinherem logo, os criminosos políticos e magistrados que temos aqui logo não deixaram nada a ser roubado e destruído. Até parte do país os políticos vendem, como o FHC vendeu a base de Alcântara aos americanos.

Queria escrever algo melhor, mas este Brasil vergonhoso de hoje me tirou a visão do maravilhoso pôr do sol. Mas o que estou fazendo aqui a escrever? Vou à rua agora, beber cerveja, olhar as nádegas de adolescentes que se vendem em plena esquina e assistir futebol em algum boteco que todos estejam gritando gol, pois é isso que brasileiro faz. E os afetados pela corja política, tomemos onde as patas tomam. É pra isso que estamos aqui. Este é o meu Brasil, a minha vergonha, a minha realidade tristemente brasileira. Sinceramente, este é o dia que os corruptos do Brasil convidam os criminosos de todo o mundo para a festa em um país que tudo pode, desde que seja crime. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário