terça-feira, 17 de setembro de 2013

Brasil a horas da Guerra Civil

        Faltam menos de 24 horas para O Decano do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, primo do ex-presidente Fernando Collor de Mello, Ministro que foi colocado no STF por um dos políticos mais corruptos do Brasil, decidir pelo desempate da votação que pode garantir um novo julgamento a pelo menos 12 dos 25 condenados no processo do mensalão. Optando pelo ato covarde, hipócrita e repugnante a quase duzentos milhões de brasileiros honestos, o Governo provavelmente sentirá o poder de uma sociedade cansada de marginais políticos, trogloditas do povo, putos desgraçados viciados em grana e interesses pessoais.
         Daqui a algumas horas o STF poderá provar que está repleto de Ministros que já venderam a alma para o diabo, mas não ontem, hoje ou amanhã, já o fizeram há muito tempo.
     No Piauí, há denúncias de juízes que vendem sentenças por cinco mil reais, descaradamente; Desembargadores fazem o mesmo a partir de cem mil reais. No Tocantins,  juiz foi aposentado com salário integral ao ter favorecido uma condenação mais branda a traficantes, vendendo-se por trezentos mil reais; mas, apesar de esse magistrado ser aposentado por um desvio de conduta, teve uma vida na magistratura para agir criminosamente  e o fez. Assim acontece em todo o Brasil.
        Brasil, país que é comum a venda de sentenças, país que é típico agir em prol de interesses mesquinhos. Políticos lavando dinheiro com a parceria de Cuba, políticos investigados em falsas licitações, sendo líderes de quadrilhas e processados por isso.
        Estamos acostumado a uma farra bilionária com o dinheiro público! Nossos líderes não tem escrúpulos, vergonha na cara ou dignidade! Nossos líderes são usurpadores, predadores, criminosos. Pastores traficantes, estupradores, homofóbicos, ingressando na podridão política e sendo corruptos e cometendo  os mais diversos crimes é algo que não gera mais surpresa ou comoção aos brasileiros.
          Mas em um país tão amaldiçoado de diabos políticos e poderosos, qual seria o valor de um Ministro? Que valor os Ministros receberam para adiar a condenação de alguns dos milhares de bandidos políticos que representam o povo brasileiro? Que moral possuiu cidadãos doutores em leis e cientes dos fatos e dos crimes, crimes tipificados em milhares de centenas de páginas recheadas de provas que condenam os mensaleiros? Quanto custou a honra dos Ministros?
        Sou um ingênuo escritor, um inocente crítico, pois me iludo que os poderosos que venderam suas almas sintam o que é honra, integridade, ética, justiça ou qualquer outra palavra que lembre probidade!
        O que é o Brasil? Uma nação de tolos mansos! E em poucas horas o mundo pode estar prestes a afirmar essa nossa vergonha.
         O Brasil é tão sem moral perante o mundo, devido à corrupção que é moda por aqui, que Os Estados Unidos nos espionaram porque podem e a Presidente Dilma nada deve fazer além de ir ao público e demonstrar insatisfação, afirmando que exige providências, explicações e desculpas para o ocorrido. Sendo que a ceninha dela é apenas o fingimento de uma falsa moral, já que os americanos têm provas de vários crimes que envolvem os representantes do povo brasileiro. Nossa presidente está com o rabo preso e toda a sua revolta perante a imprensa é apenas teatro. Atitude zero, moral zero, sinceridade zero! Corrupção, mil!
       Voltando ao circo e pão do mensalão, faltam poucas horas para o povo, cansado de ser roubado, envergonhado e assassinado, pois pessoas morrem devido à corrupção dos nossos políticos, sendo essa a razão da maconha não ser legalizada no país, pois grandes líderes do tráfico são juízes, políticos e até Ministros! Já que o empate sobre os embargos infringentes na semana passada provou à nação que nem os Ministros da Justiça são confiáveis: a corrupção está em todos os poderes, incluindo a imprensa, membros do Ministério Público e da OAB!
        Sou apenas um brasileiro inconformado com a situação atual de um país tão rico e tão devastado por quadrilhas, vândalos e pilantras desalmados, entregando o povo brasileiro ao diabo. Hoje, estamos próximo a 30 milhões de miseráveis e 20 milhões de pobres; e enquanto esses não comem ou engolem farelos, mas pagam seus impostos, são dignos e honram seus compromissos, milionários e bilionários continuam a engordar suas contas fantasmas no exterior e seus patrimônios pelo mundo em nome de “laranjas”.
        O gigante Brasil, prestes a ver pizza novamente! A verdade é que pós 513 anos de corrupção, estamos próximos de viver mais 513 anos de roubalheira e covardia em nosso país. Daqui a poucas horas saberemos se seremos trouxas por mais 513 anos.
        Setembro de 2013, dia 18, quem sabe este seja o dia que o povo honesto, cansado do furto das repletas riquezas das nossas terras, da destruição das nossas florestas, da poluição de nossas águas, tudo por trilhões em contas de corruptos, quem sabe ocorra a guerra civil no Brasil.
        Quando um país está em vergonha, em luto de representantes honestos, um país que até Ministros  se vendem, quem sabe o melhor para este país seja uma guerra civil.
         A verdade é que crimes não geram condenações quando se tem poder e nossos Ministros agem como comprados, coligados, com interesses diversos de algo que se assemelhe à justiça. Mas esses milhões, bilhões recebidos, que sirvam para o povo acordar, e se a guerra civil acontecer, significa apenas que cansamos de ser palhaços; coisa que sempre fomos e daqui a horas afirmaremos ser ou não, dependendo do primo colocado. Contudo, colocado para qual função? Para servir a quantos e por quanto?
       Brasil: Piada! Até a aposentadoria dos Ministros atuais e a vinda  dos próximos colocados.
       Somos quase 200 milhões de brasileiros prestes a sermos gozados pelo mundo inteiro, políticos, ministros, mensaleiros e demais corruptos; em poucas horas saberemos  se o Ministro Celso de Mello foi colocado para desempenhar certas funções ou indicado por ser competente, fazer o certo e aplicar a lei, pondo um fim à novela dos mensaleiros, mandando-os para a cadeia.
         Amigos. Leitores. Entretanto, tenho que os alertar, não devemos nos decepcionar se o Decano aceitar os embargos infringentes! Aceitaremos fazendo barulho como crianças e depois nos calaremos, pois somos trouxas! A verdade é que somos uma sociedade corrompida, estamos prestes a provar que o crime compensa.

         Adoraria não ter que tomar “Coca Cola” daqui a algumas horas, mas, cai bem com pizza. Um brinde à corrupção, não a uma guerra civil e muita Coca e pizza, pois vem mais 513 anos de corrupção pela frente.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário